Acerca da Sétima Dimensão

200812221309.jpg Missão, Visão e Valores

MISSÃO:

Enriquecer o panorama cultural da Região Autónoma da Madeira através da realização de eventos que possibilitem o desenvolvimento da criatividade e conhecimento das pessoas, utilizando a arte (sequencial ou não), as actividades de formação e os jogos como mecanismos de enriquecimento mental, cultural e social.

VISÃO:

Ser um espaço de entretenimento, cultura, convívio e desenvolvimento que utiliza as artes (com foco principal na arte sequencial) para enriquecer a vida das pessoas. Espaço de referência para geeksgamersretro-gamerscard-gamersMTG-players, Yu-Gi-Oh-players, board-gamersRPGistasLOTR FansStar Warriors,  Trekkers, Babylon V’erseXcersBattlestar Galactica fansPotteretesGatersotakusfanboyssequential artistsartistas (em geral), cosplayersmangakas e acima de tudo, um lugar onde qualquer pessoa pode divertir-se, aprender e crescer.

VALORES:

Consistência. Cultura. Persistência. Originalidade. Criatividade.

 

200812221309.jpg Sobre a Livraria Sétima Dimensão


653835797_d5d12b4f84
A EVOLUÇÃO DA LIVRARIA SÉTIMA DIMENSÃO E DA BANDA DESENHADA NA MADEIRA
Por Roberto Macedo Alves, proprietário da SÉTIMA DIMENSÃO
A Livraria Sétima Dimensão foi criada em Setembro de 2004, para preencher uma lacuna que existia no mercado livreiro regional. A Banda Desenhada não ocupava apenas um espaço marginal nas prateleiras das livrarias (misturadas muitas vezes com os livros infantis), mas não era reconhecida como uma forma de arte que merecesse respeito, o que se reflectia na atitude envergonhada de alguns leitores. Assim, depois de estar a distribuir informalmente uma série de comics americanos entre alguns amigos, decidi (contra a opinião de parentes, amigos e conhecidos) criar uma pequena empresa e alugar uma sala no número 18 da Rua Câmara Pestana, que deu início ao processo de renovação da Banda Desenhada nesta Região.

Porque olhar para a evolução da Banda Desenhada na Madeira é olhar para um processo de mudança de mentalidades que progressivamente foi fazendo com que a BD ganhasse uma nova aceitação por parte do público e das entidades culturais que até então a consideravam uma forma de arte inferior, ou simplesmente desconheciam o seu potencial quer artístico quer pedagógico.

01-10-2004_TRIBUNA
A visão redutora de alguns pais e professores condicionou uma abordagem mais assertiva relativamente à BD por parte do seu potencial público. Recordo-me com alguma angústia e, porque não, repúdio, de um episódio que vivenciei na feira do livro do Funchal em 2005. Uma turma do Primeiro Ciclo do Ensino Básico em visita de estudo, foi claramente impedida de aproximar-se do stand de uma loja de BD, pela atitude presunçosa de uma professora que, limitada certamente na sua vertente de expressão plástica, replicava: “Não toquem nessas coisas, que são livros que não valem a pena.

 

05-05-2005_DNOTICIAS

 

Com o passar do tempo, reconheço que a percepção em torno da BD alterou-se. Para isso contribuíram algumas iniciativas em prol da divulgação desta forma de expressão. Sendo assim, talvez valha a pena olhar para esse percurso.
Um desses contributos foi, naturalmente, a inauguração da Livraria Sétima Dimensão na cidade do Funchal, que se tornou rapidamente num ponto de encontro de criadoresadmiradores e curiosos. O espaço converteu-se não só num ponto de venda regional de BD, como também numa espécie de “café de letras” onde, na ausência do café, não faltam as letras e as imagens como leitmotif para tertúlias empolgantes e construtivas sobre o passado, presente e futuro da criação de BD a nível Regional.
24-09-2004_JM
Em Abril e Junho de 2005, como parte das Jornadas de Arte e Design da Universidade da Madeira, foram organizadas conferências sobre Banda Desenhada destinadas ao público em geral, para dar a conhecer a diversidade de trabalhos, temáticas e técnicas que existem. Tentou-se desmistificar que a BD só podia ser conjugada em dois termos: “Astérix e Tintim”.
Em termos comerciais, eventos como os “Free Comic Book Days” celebrados desde 2004 atraíram novos públicos e o regresso de antigos coleccionadores que tinham encontrado no mercado nacional uma fuga ao vazio de comercialização de BD na Madeira.
03-02-2005_JM_2
Em 2006, aproveitando o número crescente de entusiastas interessados em fazer BD, foram realizados os primeiros eventos intitulados “12 Horas de BD”: o primeiro no espaço da Sétima Dimensão, em Fevereiro desse mesmo ano; o segundo, em Maio, no decorrer das actividades da Feira do Livro da Cidade do Funchal – que contou com a presença de José Carlos Fernandes, na sua primeira visita a este evento regional. No seguimento destas “maratonas” de criação de BD, espaços como a Mouraria – Galeria de Arte abriram as suas portas para a exposição dos trabalhos elaborados no âmbito das 12 horas de BD. Foi precisamente esta exposição que inaugurou o Project Room desta Galeria de Arte, com feedback positivo por parte do público. Por essa altura, o Diário de Notícias da Madeira publicava um texto onde se dizia que “A Banda Desenhada não é só uma forma de expressão; em várias das suas manifestações atinge mesmo e inquestionavelmente o estatuto de arte. Uma arte que influenciou a civilização moderna, criando novos modos de ver, assumindo formas mais populares ou mais eruditas emarcando decisivamente a contemporaneidade.
n5Y0NK498221-02 uk5MQO288320-02

Entusiasmados pela experiência das “12 horas de BD”, os participantes desejaram participar no “24 Hour Comics Day” em 2006, tendo sido o Funchal a única cidade portuguesa a participar nesta maratona mundial de criação de BD, desta vez com o apoio da Direcção Regional da Juventude. Participaram nesta iniciativa 32 jovens com idades compreendidas entre os 13 e os 35 anos. Excertos de dois dos trabalhos desenvolvidos nesse ano, foram incluídos na antologia anual publicada pela organização do evento, nos Estados Unidos.

Em 2007 foram publicados os primeiros fanzines organizados pela Sétima Dimensão, como o “Nevermind the dog, beware of the owner”, com argumento do galerista Ricardo Ferreirae desenho do escultor Sìlvio Sousa Cró. Nessa altura, o Diário de Notícias da Madeira dizia que “a sociedade regional está lentamente a encarar a banda desenhada com outros olhos, aceitando um tipo de criação que é considerado como a nona arte”.
Em Janeiro de 2007 a instalação “Ocvlvs Animi Index: os olhos são a janela da alma” na Mouraria – Galeria de Arte apresentou uma visão da história da arte e da religião contada em pranchas gigantes de BD. Em Julho de 2007, a “Opera Graphica” apresentou no Espaço Magnólia uma série de vinhetas de BD pintadas em aguarela inspiradas em excertos de diversas óperas tais como o “Don Giovanni”, o “Candide” ou “La Traviata”.
Em Abril de 2007, durante a Feira do livro do Funchal, foi lançado o “Ocvlvs Animi IndexOs olhos são a janela da Alma”, primeira obra de BD por um autor regional, numa edição limitada e numerada de 100 exemplares, que esgotou na durante a feira. A visibilidade que a BD teve nesta feira do livro, fez com que a Direcção Regional da Juventude organizasse um workshop de criação de BD em parceria com a Sétima Dimensão.
A aceitação do workshop fez com que a Direcção Regional da Juventude disponibilizasse um melhor espaço para o “24 Hour Comics Day” de 2007, que decorreu no espaço da Pousada da Juventude, na Quinta da Ribeira. Neste evento, foram disponibilizados no portal youtube vídeos de hora a hora que apresentavam a evolução dos trabalhos. Depois do evento, os vídeos e os trabalhos foram expostos em mais um Project Room na Mouraria – Galeria de Arte.
 
CstqAQ084957-02

No ano 2008, a quinta edição do concurso “Funchal 500 anos de História” iniciativa conjunta da Câmara Municipal do FunchalSecretaria Regional de Educação e Cultura e  Empresa Municipal Funchal 500 anos incluiu pela primeira vez a Banda Desenhada como modalidade de expressão na categoria das Artes Plásticas. No ano 2009, demos mais um passo em frente, mudando a localização e saindo do escritório da Rua Câmara Pestana para uma loja nas Galerias 5 de Outubro (Rua 5 de Outubro, Nº 58), num espaço renovado que mantém-se fiel ao espírito que deu origem à loja e mantendo a equipa que é parte essencial do sucesso desta pequena livraria: Roberto Macedo Alves, a sua incansável mãe, Maria da Paz (que os clientes preferiram unanimemente em relação às restantes pessoas que já os atenderam na livraria) e a ajuda  de Rafaela Botta, Válter Sousa e André “Bubba” Gonçalves, artistas admiráveis com um brilhante futuro pela frente!

Em 2010, a Sétima Dimensão colaborou com o Club Sport Marítimo na elaboração do livro “Os Sonhos do Maravilhas”, com argumento de Francisco Fernandes e ilustrações de Roberto Macedo Alves e Válter Sousa, um dos jovens artistas que tem crescido na Sétima Dimensão.

Foi também no ano 2010 que a Sétima Dimensão passou a ser o organizador oficial das “PechaKucha Nights” no Funchal, celebrando o primeiro encontro deste simpósio informal na Feira do Livro do Funchal no dia 28 de Maio de 2010. Até agora foram realizados 8 encontros deste tipo em locais tão diversos como o Anfiteatro do Jardim Municipal, o Centro das Artes – Casa das Mudas, a Pousada da Juventude e a Livraria Bertrand.

No ano 2011, a Sétima Dimensão realizou o primeiro Festival de Arte Sequencial, no Centro das Artes – Casa das Mudas, com o apoio da Sociedade de Desenvolvimento da Ponta Oeste, que tornou possível expor originais de “V for Vendetta” e fazer workshops e outras actividades ligadas à BD, como ciclos de cinema da obra de Hayao Miyazaki.

No ano 2012 a Sétima Dimensão iniciou um programa de Workshops de Desenho de BD para estudantes a preço reduzido. Na equipa de formadores estão madeirenses com obra publicada na área de Banda Desenhada, como Roberto Macedo Alves, Martinho Abreu e Válter Sousa. Estes workshops continuam a ser realizados anualmente a partir do mês de Maio, agora realizados em parceria com a empresa de Formação Profissional Formar+, na Rua do Bispo.

Foi também durante o ano 2012, em parceria com a Secretaria Regional de Educação e a Direção Regional de Juventude e Desporto, que foi organizada uma exposição itinerante dos melhores trabalhos criados durante os eventos de “24 Hour Comics Day”, que percorreu todos os estabelecimentos de ensino da região, sensibilizando os jovens para a criação nesta área.

No ano 2013, em parceria com a produtora BeActive e o Fórum Machico, foi possível realizar a estreia nacional do filme “Collider”, parte de um projeto multimédia nominado para um Emmy para Melhor programa digital de Ficção.

Durante a Festa da Cultura do Funchal de 2013, a Sétima Dimensão iniciou também uma nova fase na Edição Digital, publicando em formato “kindle” na amazon.com a obra “Anaya: Sim ou Não” da jovem madeirense Cláudia Nadine.

Durante o “24 Hour Comics Day” de 2013, foi também efetuada uma parceria com a PT, que tornou possível a criação de um MEO Canal, que transmitiu alguns dos momentos mais importantes desta maratona de criação artística que está a converter-se numa grande celebração que este ano envolveu desenho de BD, Cosplay e “Magic the Gathering” e contou com mais de 55 participantes.

No ano 2014, serão organizadas diversas atividades para comemorar o 10º aniversário, já que a Sétima Dimensão não se esgota apenas na Banda Desenhada, embora continue a ser uma referência regional nesta área.

E assim continuaremos, a reunir a comunidade bedéfila regional (e não só) mas também a manter a nossa posição “revolucionária” contra pessoas menos informadas que pensem ainda que a Banda Desenhada não pode ser considerada valida como forma de arte e também contra as grandes cadeias que não respeitam as culturas locais e que simplesmente se limitam a atirar los livros de BD para caixotes e prateleiras discretas no fundo dos seus espaços, de qualquer forma e sem ter respeito nenhum por uma paixão que nós acarinhamos e que nem sempre é compreendida pelos outros. Continuaremos na nossa luta. É certo que “o caminho faz-se caminhando”, como dizia António Machado. Valorizando o trabalho que até então os entusiastas pela divulgação do potencial da BD na Madeira têm efectuado, reconheço que ainda há um longo caminho a percorrer. Mas vontade não falta!

Morada:

Rua do Bispo, Nº 58, Sala 1F

Funchal, Madeira

Portugal

Telefone: 291 238 244

Email: geral [at] setimadimensao.com

Leave a Reply